Tesouro Direto: Verdades e Mitos (o artigo original!)

tesouro direto

Eduardinho

Eduardinho é Auditor da Receita Federal e educador na área de Finanças Pessoais. Criador do método Carteira Rica de enriquecimento, o autor compartilha suas dicas neste blog e vai ajudar você a transformar o modo como lidar com seus investimentos.

Você pode gostar...

6 Comentários

  1. Andre disse:

    Olá!

    Achei legal a abordagem do artigo, porém acho que vale uma ressalva no seu “ataque” inicial aos economistas ou educadores financeiros em geral.

    Infelizmente, vivemos num país de analfabetos. Nós, enquanto população, mal sabemos ler e escrever.

    A educação financeira então… nem se fala. Portanto, acho que seria irresponsável dizer para as pessoas, de uma maneira geral, que podem ganhar muito mais do que as taxas pactuadas na compra, pois mal entendem um CDB.

    Então é razoável entender há cautela em falar sobre o assunto, pois como você mesmo disse no item das “verdades”

    “Quem não sabe, pode perder dinheiro.”

    Sendo assim, se um educador financeiro vai tratar do assunto, deve ter em mente que o aprendizado é gradativo.

    Sem duvida alguma “treidar” na curva dá muita grana. Lógico. Mas dizer isso para quem está pensando em algo a mais do que a poupança, é irresponsabilidade.

    Essa é a minha opinião.

    Abs,

    • Eduardinho disse:

      Olá André,
      Muito obrigado pelo comentário e por participar da discussão!
      Concordo com tudo que você falou: a população não tem nenhuma educação financeira… tem gente que tem poupança e paga cheque especial ao mesmo tempo. Seria de rir se não fosse para chorar.
      Também acho que se a pessoa não tiver a menor noção matemática, ela não deve fazer trades na curva de juros. Por isso que eu aviso que o meu curso é para alta performance e ainda falo para o interessado baixar umas planilhas-teste e resolver 2 problemas de excel antes de comprar o material. Acho que quem consegue solucionar os 2 problemas, consegue acompanhar o curso. E mais, o meu curso tem uma área de discussão para os alunos debaterem e tirarem dúvida.
      Há poucos dias, recebi um email de um rapaz na pindaíba perguntando se meu curso o ajudaria a sair dessa situação. Eu falei com ele para, pelo amor de Deus, não comprá-lo.
      Acontece que já tem muita gente ensinando educação financeira por aí e eu não queria abrir um blog para repetir o mesmo de sempre. O meu objetivo aqui é ensinar investimentos de alta performance. Com responsabilidade, claro.
      Um abraço,
      Eduardinho.

      • Andre disse:

        Beleza amigo!

        Bom saber que tem gente produzindo tal conteúdo. Acho imprescindível e acho que isso precisa realmente ser compreendido, pois pode proporcionar ganhos excelentes, sem sombra de dúvidas.

        Minha única “discordância” referia-se unicamente a forma como os especialistas sem comunicam sobre o caso.

        Todos eles sabem (certamente devem saber, não é possível) das oportunidades na oscilção dos PUs em função das variações de taxa. Apenas acho que não entram nesse mérito, por cautela no sentido de não saber exatamente quem é a pessoa que está recebendo a informação, nem tampouco seu nível de conhecimento.

        No mais, acho que o investidor deve, sem dúvida alguma, aproveitar o seu conteúdo e se desenvolver com relação ao TD.

        Abs,

  2. Marcos disse:

    Olá Eduardo, bom dia.
    Queria fazer um pergunta:
    Notei que, ao menos antes do pagamento de juros acontece uma coisa diferente nas NTNs, que é o fato de a taxa cair e o valor de venda também cair.
    Isso aconteceu nesses dias.
    Por exemplo: no início do mês de maio, comprei NTN-B a 6,36% a.a., a 2.400. Hoje, ela tá sendo vendida a 6,26%, mas com valor de venda a 2.366.
    Como entender isso? O raciocínio não seria uma relação inversamente proporcional entre taxa e preço?
    Parabéns pelo site.
    Abraços.

  1. 21 de março de 2017

    […] brasileiro dizer que “o Tesouro Direto não está mais valendo a pena” pois as taxas caíram para inflação mais pouco acima de 5% […]

  2. 2 de junho de 2015

    Compilers: Principles, Techniques, and Tools

    From the Back CoverThis introduction to compilers is the direct descendant of the well-known book by Aho and Ullman, Principles of Compiler Design. The