como-enriquecer

Enriquecer: Veja os 5 erros que afastam as pessoas da prosperidade

Riqueza é um conceito relativo. Ser rico para uns significa somente ter dinheiro. Para outros significa ter dinheiro sim, mas também tempo, saúde e o afeto da própria família.

O que muita gente não percebe é como os erros que impedem as pessoas de ganhar dinheiro muitas vezes as atrapalha também a ter mais tempo livre, saúde e boas relações.

Conheça abaixo os 5 erros que impedem as pessoas de enriquecer e ter sucesso na vida e nossas dicas para você controlar suas finanças pessoais e traçar uma reta na direção da abundância!

 

Barreira do enriquecer 1: Descontrole dos gastos.

Não adianta nada ganhar dinheiro e não saber como gastar. Se você é profissional liberal, microempreendedor ou outro tipo de autônomo, então, cada moeda desperdiçada hoje empurra sua aposentadoria um dia mais para frente. Já pensou nisso? Ah, você nem poupança ou previdência tem? Ich!

Quer um exemplo de desperdício de dinheiro? Conheço pessoas que pagam pacotes de seis meses de academia e praticam somente um. Quer outro? Comprar um automóvel de luxo só para ter status (essa é a maior besteira que você pode fazer, não importa a quantidade de dinheiro que você tenha).

Busque se informar sobre educação financeira, analise seus gastos, corte o supérfluo. Tenha conta no banco com as menores taxas, negocie a anuidade de seu cartão de crédito, busque o plano de celular que melhor se adequa a seu consumo. Realize você mesmo algumas tarefas que você costuma terceirizar, como pequenos reparos em casa. O primeiro passo para enriquecer é parar de perder, não acha?

Vou ser sincero com você: não sou especialista em ensinar educação financeira. Abaixo coloquei 4 links para artigos ou sites de grandes educadores financeiros. Se finanças pessoas é o seu fraco, vale a pena conferir:

 

Barreira do enriquecer 2: Falta de método e de conhecimento

Agora que você tem dinheiro de sobra e quer investir, já pode ser visitante assíduo aqui de nosso site.

A minha especialidade é ensinar as pessoas a realizar investimentos de maneira super-eficiente e enriquecer com isso.

O problema é que o brasileiro quer ficar rico mas não tem paciência e interesse para aprender o mínimo sobre economia. O motivo é claro, não é só culpa do nosso imediatimo, a culpa é também do esforço dos especialistas em não ensinar ou falar nada de concreto (claro, como ganhariam dinheiro se todo mundo aprendesse o que eles julgam saber?). E pior ainda, muitos consultores dão dicas de investimento que vão seguramente te impedir de enriquecer.

Quais as conseqüências? O investidor não tem como enriquecer no mercado financeiro, pois acha tudo arriscado. E o pior, ele está certíssimo. Afinal, como eu sempre digo: o risco está mais da falta de conhecimento de quem investe do que no investimento em si.

O risco está mais da falta de conhecimento de quem investe do que no investimento em si.

É claro, ainda assim é possível acumular um bom patrimônio, caso o investidor tenha dinheiro suficiente para adquirir propriedades (além do imóvel próprio), e os compre em um bom momento (antes de um período de valorização imobiliária).

É difícil falar isso depois de um período de pouco mais de uma década de intensa valorização imobiliária. Mas a verdade é que nem sempre imóveis serão a melhor opção e, para saber o melhor momento para adquirir um imóvel por um bom valor e enriquecer com isso, você terá que entender o básico de economia.

Quer saber mais sobre como enriquecer com seus investimentos? Conheça nosso método Carteira Rica.

 

Barreira do enriquecer 3: Euforia

Ok, você já consegue poupar e investir no mercado financeiro. Próximo passo para enriquecer, você abre conta em uma corretora de valores e quer aplicar na Bolsa. Aplicar quando? Ich, no pior momento, quando as notícias estão alardeando que a Bovespa está em disparada e depois mostram a fortuna de quem tem enriquecido com a Bolsa de Valores.

Aí vem um monte de analistas traçando gráficos do mundo da lua e dizendo que com as técnicas deles você conseguirá milhões da noite para o dia.

Uma enganação que é um prato feito para fazer você quebrar a cara na crise que vem logo em seguida (e vem com certeza, pois a economia é cíclica) e o faz voltar aos fundos de investimento dos bancos, aqueles que pagam pouco além da inflação.

A crise de 2008 enterrou uma porção de respeitados analistas.

Barreira do enriquecer 4: Impaciência

Ok. Próxima barreira do enriquecimento a vencer: a impaciência.

Você ultrapassou todas as barreiras acima e buscou aplicar em um bom momento. Ocorre que passam as horas, os dias, os meses e seu rendimento não está como você queria. Você aprendeu a investir e sabe que pagou um bom preço por seu ativo (fez uma boa compra), porém, vê outros investimentos rendendo mais e não agüenta mais esperar. Simplesmente acha que todos vão enriquecer, menos você. O que você faz? Vê a rentabilidade passada dos outros investimentos, não suporta mais e vende o seu. O que ocorre logo em seguida? O investimento que você comprou estava sobrevalorizado e cai. O seu, que estava em um ótimo preço dispara!

Ich, você usa análise técnica para investir? Então você deve cair com freqüência nessa armadilha e nunca vai enriquecer. Quem baseia seus investimentos em “desenho” de gráficos vive pulando de galho em galho. Resultado infalível: perde todo o dinheiro com corretagens, perde todas as oportunidades de valorização bem fundamentada, perde a tempo e o emprego pois fica o dia inteiro na frente do home-broker, perde a saúde pois fica angustiado querendo prever o futuro e se aquelas posições arriscadas que montou irão dar certo ou errado. Enfim, o tempo corre contra esse tipo de investidor, não a seu favor.

 

Barreira do enriquecer 5: Ganância, apego aos bens

A última barreira da riqueza real está na ambição desmesurada.

A pessoa já acumulou um bom patrimônio (ou ainda não), mas acaba se viciando em querer ganhar dinheiro (não em ganhar, mas em querer ganhar dinheiro) e esquece todas os outros bens importantes na vida. Ela se apega ao que tem e esquece das pessoas. Ela não pode perder um centavo, pois o bom humor (e a saúde) vão juntos. Que prosperidade é essa? Enriquecer e ter liberdade, ou enriquecer e se tornar escravo do dinheiro?

Isso não quer dizer que você deve colocar dinheiro em “investimentos” pouco idôneos e sorrir enquanto dilapida seu patrimônio. Pelo contrário, é a ambição que pode te levar a isso. Quer um exemplo? Lembra do brasileiro que não se satisfez em enriquecer e há pouco tempo queria ser o homem mais rico do mundo? Hoje ele é um dos maiores devedores do mundo, deve mais de 1 bilhão. Saiu da lista da “Forbes” e se não estivéssemos no Brasil, entraria na lista da Revista “Pobres”. Tudo resultado da ganância.

Trace metas realistas e saiba que as forças que regem a vida são muito mais fortes que seus bobos desejos. O que você pode fazer é aplicar seu dinheiro de maneira eficiente e consciente. Depois disso, o tempo correrá a seu favor e, assim como o rio corre para o mar, a abundância e a prosperidade vão te encontrar.

Mais sobre os assuntos:

author-photo

Eduardinho é Auditor da Receita Federal e educador na área de Finanças Pessoais. Criador do método Carteira Rica de enriquecimento, o autor compartilha suas dicas neste blog e vai ajudar você a transformar o modo como lidar com seus investimentos.