ideias para ganhar dinheiro boas

15 Ideias para Ganhar Dinheiro Inexploradas e de Alto Impacto para 2018

Se você quer ir “direto ao ponto”, nosso menu de ideias para ganhar dinheiro com pouco investimento (ou ZERO) é esse abaixo. Porém, eu te adianto que é fundamental você ler não somente as ideias, mas também as dicas de implementação que daremos nesse artigo e até os “puxões de orelha” preventivos.

Então, antes de apresentar as oportunidades de negócios concretas, eu queria te contar um caso que ocorreu comigo (depois você entenderá o porquê).

Ideias para ganhar dinheiro surgem em qualquer lugar…

Eram três da madrugada de terça-feira e a Van chegou ao Hotel. O motorista abriu a porta com barulho, não se preocupou com os turistas dormindo (ou meio-dormindo) dentro do veículo.

Acomodamos num cantinho menos desconfortável para encarar as 3 horas de viagem até o Colca Canyon, ali mesmo, no sul do Peru. A Van ainda parou mais duas vezes e completou 15 passageiros. Parada para café da manhã e pergunto ao “motô”:

– “A Van anda cheia assim todos os dias?”

– “Sete dias por semana”, responde ele.

Pensei: “15 passageiros pagando R$ 200 todos os dias! Que negócio!”

Conta rápida de cabeça: cada um pagando 200 reais pelo passeio de um dia, 3 horas de ida e mais 3 de volta, nada mal. Uns R$ 3.000,00 por dia, rodando 30 dias no mês, R$ 90.000,00, quase o preço de uma Van nova.

contas

Claro que tenho que contar os custos, são muitos: diesel, dois motoristas, café da manhã e almoço e a comissão de quem vende o pacote (hotel, agência, ou aqueles panfleteiros que ficam na praça, em Arequipa, disputando turistas).

“Será que sobram uns 15 mil por Van, por mês?”

Não deve ser negócio ruim, o dono da Van tinha outras duas rodando. Mas o que fazer para ganhar dinheiro rápido, de preferência, e, com certeza, honesto? Eu preciso me mudar para o Peru? A resposta é não.

Abaixo nós daremos algumas sugestões que você pode acionar de imediato. Mas antes, vamos nos organizar, para não nos perdermos no conteúdo deste artigo, que é longo e envolve tanto ideias quanto dicas.

Mas o importante não é apenas descobrir boas oportunidades, até porque as informações desse artigo (e de outros) podem se tornar obsoletas logo. Na era da internet, a regra é a seguinte:

“A dica quente hoje é morna amanhã cedo”. Eduardinho.

Então eu tenho algumas orientações para você evitar esse problema de ideias desatualizadas e estar sempre na “crista da onda”.

A primeira delas é você entrar em um bom fórum de discussões a respeito, e eu sugiro esse daqui, 100% gratuito:

https://www.capitool.com.br/t/renda-extra-brainstorm-de-ideias-de-negocios/

Entre no site acima, crie uma conta gratuita e passe a debater oportunidades para gerar uma renda extra ou iniciar um negócio. Compartilhe as suas também, não fique com medo que “roubem a sua ideia”, pois cada pessoa está focada nos próprios projetos e muito dificilmente alguém pararia para se dedicar justo à sua. Pode ficar tranquilo.

Então, além das ideias, eu tenho algumas dicas para você.

 

airbnb

Ideia 1: Negócio de Experiência

Essa é novidade. O Airbnb está “dominando o mundo”.

No começo eram hospedagens, mas logo perceberam o grande filão (hoje ainda incipiente) das experiências: aula de dança, aula de surf, encontro com lobos, caminhadas, preparação de sorvete.

Funciona da seguinte maneira: você entra no site do Airbnb, faz seu cadastro e tudo o mais. Dá uma navegada em experiências e vê que tipo de experiências as pessoas estão oferecendo e conquistando um bom número de clientes (tour pela cidade, comida ou doces regionais, artesanato… veja no próprio site e tenha seus insights).

Então (se não tiver uma sacada ainda mais quente) basta você oferecer algo similar em sua cidade (, cadastrando a experiência e passando a receber as pessoas. Tudo isso sem gastar um tostão.

É claro que tem as 2 maneiras de iniciar esse negócio por conta própria: a preguiçosa, apenas cadastrando e aguardando de braços cruzados, e a pro-ativa, colocando a mão na massa e oferecendo compra coletiva com 80% de desconto para os primeiros clientes, criando página de fans no Facebook e Instagram, etc., como eu explico no vídeo do início desse artigo.

Essa ideia é simples mas poderosa. Acione-a hoje e comece a fazer alguma coisa para ganhar dinheiro rápido, já nesse fim de semana.

Ideia 2: Gerenciamento de redes sociais profissionais

Essa não é nova, mas também é boa para quem não tem capital para investir. Em geral, todas as opções para ganhar dinheiro na internet costumam exigir pouco capital (com exceção de criação de apps).

Se você sabe ilustrar ou domina ferramentas de design, ofereça freelancer. Se você tem conhecimento de programação, faça freelancer de desenvolvedor. Mas e se você não tem conhecimento em nenhuma das duas áreas? Gerencie redes sociais de profissionais liberais!

Aprenda técnicas de marketing digital e ofereça um serviço bem objetivo.

Preste atenção porque a oferta que você faz a um potencial cliente pode fechar o negócio de imediato ou arruinar a oportunidade de vez.

Você oferecerá um gerenciamento das redes com foco em gerar negócios. Isso tem que ficar claro na proposta.

Tem muito profissional liberal que virou “gato escaldado” com a internet. Receberam propostas de “criar um site” e essas pessoas pagavam taxas mensais por sites que nunca geraram um cliente sequer. Apenas pela obrigação de estar online. Esse tipo de profissional tem uma má experiência passada com internet.

É hora de reverter essa experiência. Mostre para eles que a presença online não é só para estar presente, mas ela efetivamente pode gerar negócios. Faça estudos de caso, demonstre como e você conquistará o cliente na hora.

Ideia 3: Criar cursos online, mesmo se você não tiver blog ou seguidores. Leia para entender

Você não tem um canal do Youtube com milhões de seguidores, nem um blog na internet com milhares de acessos diários. É o fim? Não, é só o começo.

Está vendo esse cara aqui, O Phil?

Ele tem mais de 500 mil alunos inscritos em seus cursos. Que cursos? Os que oferece em uma plataforma chamada Udemy.

Depois de ficar famoso no Udemy, com milhares de alunos que esse site ofereceu a ele, aí sim, ele criou um blog.

Você tem uma câmera? Pode ser a do celular mesmo. Então, comece a ganhar dinheiro nesse fim de semana com seu curso sobre aquela área que você conhece. Não conhece ainda? Faça um curso, aprenda e depois ensine.

 

afiliado online

Ideia 4: Afiliado de infoprodutos

Elaborar um curso exige disciplina, mas não é difícil.

Mas se você anda sem tempo ou ainda não se sente confiante para isso, divulgue os cursos de terceiros.

No exterior há uma plataforma chamada Clickbank que o Hotmart reproduziu no Brasil com muito sucesso.

Você pode se cadastrar, escolher os produtos conforme suas afinidades e passar a indicar compradores. A questão é que facilmente você poderá fazer asneira (principalmente no começo), indicando amigos, incomodando as pessoas. Por isso é importante que você aprenda com quem já seja um afiliado de sucesso para entender os dos & don’ts dessa forma de ganhar dinheiro e gerar renda extra.

Para você que até ontem nem sabia o que era um afiliado, indico esse curso do Thiago Bastos, que é um dos melhores para quem está iniciando.

Além disso, tem o Lomadee, caso você não conheça, é um serviço desse tipo que permite que você indique produtos físicos dos grandes e-commerces nacionais e, embora ofereça comissões menores, é uma ótima maneira de você começar, já que é mais fácil sua indicação parecer natural (e romper barreiras) quando se trata de produtos físicos.

Ideia 5: Economia Colaborativa e Sustentável: rentabilize tudo

Tem um brinquedo que seu filho não usa mais? Venda ou alugue em um site para isso.

Vai para outra cidade? Se vai de carro, “venda” os espaços que sobram no Blah Blah Car. Não tem carro? Vá de Blah Blah Car que é mais barato que ônibus.

Tem um cômodo sobrando na casa? Receba um hóspede pelo Airbnb. Na economia colaborativa, tudo gira. Empreste seu chinelo para alguém e comece a fazer dinheiro (o chinelo é brincadeira).

De mãos dadas com a colaboração está a sustentabilidade. E não é apenas por princípio, mas também é algo financeiramente rentável.

Recentemente gravamos um vídeo mostrando que o retorno de um sistema de energia solar está na faixa de 20% ao ano. E quando escrevemos o artigo a respeito, foi um sucesso e muita gente nos procurou a respeito.

Mas o negócio não é apenas instalar em casa (até porque um sistema é “caro”, na faixa de 11 mil reais).

Se você quer investir nessa área, um bom negócio é se qualificar como instalador, que possui boa margem na instalação. E o interessante é que nem é preciso ser eletricista para fazer uma instalação (embora seja necessário treinamento para você saber o que está fazendo).

Por indicação de um de nossos leitores, que fez o curso, deixamos aqui o link para um curso de instalação de energia fotovoltaica para quem quiser trabalhar nesse ramo que é MUITO promissor.

Leia também nosso artigo sobre energia solar para entender a oportunidade e o potencial de mercado.

 

Outros 10 negócios: você já tem sua ideia de como ganhar dinheiro?

Origem da ideia Oportunidade
Ideia 6: Oferecer um serviço que já existe, mas especializar pelo público Estou desenvolvendo nesse momento algumas ideias assim. Exemplo genérico: Salões existem por todo lado, mas você lança o salão para a “terceira idade”.
Ideia 7: “Importar” negócio de alguma cidade que visitou Franquias, lojas, serviços que você conhece durante viagens: quem nunca entrou em uma loja fantástica, mas em outra cidade?
Ideia 8: Pesquisar listas online de Startups Não se engane, várias grandes empresas brasileiras não foram pioneiras. Há listas de startup, veja o que fazem e estude se você pode oferecer melhor.
Ideia 9: Alguém (ou você) teve que buscar algo de longe? Torne-se representante. Representante de moda, de produtos de beleza, de semi-joias, etc.
Ideia 10: Agregar valor a um produto existente Meu amigo abriu distribuidora de biscoitos e, além do que tudo que os concorrentes faziam, incluiu promoções no PDV.
Ideia 11: Capital + Conveniência Vending machines (máquinas em que colocamos moedas ou dinheiro e sai refrigerante, brinquedo, etc.)
Ideia 12: Oportunidade detectada em emprego anterior Meu amigo trabalhava com turbinas (de caminhões) nacionais. Saiu do emprego e hoje importa da China e tornou-se maior que antigo patrão.
Ideia 13: Frustração como consumidor Oferecer solução melhor e conquistar outros insatisfeitos.
Ideia 14: Importar serviço ou produto do exterior. Hotmart trouxe para o Brasil o modelo do Clickbank. Méliuz e vários outros negócios de sucesso são transposição para o Brasil de ideias importadas.
Ideia 15: Consultoria Qualquer que seja a sua área ou afinidade, mesmo que seja um hobby, você pode hoje iniciar começar a ganhar dinhero em casa, e trabalhar pela internet conquistando clientes.

 

Bom, vistas as ideias para ganhar dinheiro com pouco investimento e acionáveis imediatamente, vamos para as dicas de como implementá-las:

 

Dicas

Dica 1: Ter ideias a toda hora

O primeiro passo para ter uma sacada sensacional de como ganhar dinheiro é bem simples: ter ideias sempre. Do exemplo acima você pode ver que ficar antenado pode lhe ajudar a detectar negócios que estão dando certo e avaliar a possibilidade de reproduzi-los em outro lugar ou com outro público, etc.

Ideias de negócios não fogem à lei da seleção natural. Se você tem somente uma ideia e se agarra a ela, é muito provável que esse “amor” (ou obsessão) que você gera em torno da sua cria impeça-a de testar o mundo selvagem para saber se ela sobrevive, ou não.

No mundo da fantasia, em nossas cabeças, as ideias de negócios são sempre boas. No mundo real, 95% das vezes elas não passam de fumaça. Então desenvolva uma mente antenada para oportunidades, “pesque-as” em toda esquina e se treine para ter, ao menos 1 ideia por semana (em um artigo/vídeo futuro, falarei como testar se as ideias são promissoras… inscreva-se em nossa lista para não perder!).

Nesse vídeo, eu falo um pouco sobre o hábito de ter ideias empreendedoras:

Então a dica é: separe um caderninho, anote toda semana uma nova ideia. #1ideiaporsemana

E se você achou essa da Van de turismo boa, aguarde, pois abaixo eu vou compará-la com uma outra, de 2 irlandeses que, em vez de colocar uma Van para rodar no Peru, abriram um site para conectar turistas e “perueiros” (desculpem o trocadilho!). Em 3 anos, transportaram 52 mil passageiros, é mole? Aguarde que já, já, contamos essa história.

Dica 2: “Como” importa mais do que “O que”

A segunda dica é fazer bem feito. No vídeo que você pode assistir no início deste artigo eu afirmo que tudo dá dinheiro. E é verdade.

Dizem que produção de leite não dá dinheiro. Mas eu conheço três irmãos cujas vacas produzem 20 mil litros de leite por dia e garanto que dá dinheiro. O problema, nesse caso, é que você precisa de um baita capital para investir, então esse tipo de ideia não nos serve, pois aqui estamos buscando oportunidades com investimento zero ou próximo disso.

Mas o que você tem que guardar nesse momento é: importa mais COMO você faz do que O QUE você faz.

Busque empreender com paixão e nada vai te barrar. Se o que você tem é mão-de-obra, não é capital:

  1. Escolha o serviço a prestar
  2. Qualifique-se, devore informações da área como um louco e
  3. Entre no mercado como um especialista, claro, fazendo também um
  4. Bom marketing.

Não tem como dar errado. Mesmo que haja outros profissionais, você não pede permissão, você os empurra para lado e abre o seu caminho (com ética, claro).

Dica 3: A pesquisa precisa de um fim

Essa dica é séria também. Muitos de nós vivem preso naquilo que chamo de “cultura televisiva”. Que é o hábito de se acostumar a receber informações passivamente, sem tomar atitude.

Então a pessoa até faz uma busca na internet sobre ideias para ganhar dinheiro, lê uns cinco artigos, vê uma meia dúzia de vídeos no Youtube, fecha tudo e deixa para depois. #fracassodetected

Toda pesquisa precisa de se dividir em duas fases:

  1. Pesquisa em si. Reunir o maior número de informações (qualificadas) possível. Essa fase é mais passiva, de leitura.
  2. Síntese daquilo que reuniu. Fase ativa de compilar, decidir, agir.

Então você precisa de sair da fase 1, ok? É sério. Leia a dica 5 (abaixo) se precisa de ajuda para fazer isso.

Dica 4: Selecione o que é sério

Vi outros artigos na internet sobre esse mesmo assunto. Alguns parecem brincadeira.

Dizem para você fazer um dinheiro vendendo coisas que estão paradas em casa. Tudo bem, você vende mas e depois que elas acabarem? Você passará a vender as que usa? Isso é um negócio?

Outros dizem para lavar carros (sério, não é brincadeira), fazer artesanato, fazer docinhos para festa. Tudo bem, pode até ser, mas acho que para essas ideias você não precisava de gastar a bateria do seu celular ou a energia do computador pesquisando a respeito na internet, não é mesmo? Separe quem só dá ideias óbvias de quem quer inovar e faça sua opção.

Dica 5: Entre para uma comunidade de empreendedores (de preferência gratuita)

Artigos começam a ficar obsoletos um dia após escritos. Vídeos idem.

A solução é entrar para uma comunidade séria de debate sobre empreendedorismo, startups e inovação e trocar ideias para ganhar dinheiro com quem está colocando a mão na massa nesse exato instante.

Não conhece nenhuma? Aqui vai a comunidade de que participo. Entre, faça seu cadastro e acompanhe as discussões:

https://www.capitool.com.br/t/renda-extra-brainstorm-de-ideias-de-negocios/

 

O que as ideias lucrativas têm em comum? Veja como ganhar dinheiro

Dicas Bônus

Conselho 6. Explore um público para o qual dinheiro não é o principal

Dinheiro é importante para todo mundo, é claro. Mas em alguns momentos da vida, ele passa a segundo plano. Seja por uma necessidade (e aí não é ético explorar a situação, como vender galão de água pelo triplo do preço após o desastre da barragem da Samarco), seja por uma vontade de tornar aquele momento especial, custe o que custar.

Exemplos de situações em que qualquer pessoa valoriza a experiência do momento, mesmo pagando mais caro por isso:

  • Turistas
  • Festa de casamento
  • Festa de formatura
  • Enxoval e tudo ligado ao nascimento de um bebê

Explorando um público assim, você vai ganhar dinheiro na crise, no verão, no inverno ou no carnaval. Não importa: o momento é único, a oportunidade daquela pessoa é agora (e a sua também, claro!).

Existem também algumas situações em que a pessoa tem uma necessidade urgente, mas o serviço é considerado ético, principalmente se bem prestado e com o preço razoavelmente dentro dos praticados pelo mercado: reparos domésticos, de eletrodomésticos e de veículos.

Nesse caso, o que vai pesar a favor ou contra é a concorrência: há quantas oficinas em seu bairro? Você tem uma proposta única para os clientes? Se não, melhor não abrir uma.

Conselho 7. Tenha uma Proposta Única de Valor

Escute bem isso e guarde: a mente das pessoas está completamente lotada de informações.

Então, você e seu negócio nunca serão lembrados pelo seu público, se você não for capaz de deixar bem claro para ele qual a sua proposta única de valor, em outras palavras, aquilo que só você tem.

  • “Temos o melhor serviço” – Desculpe, é muito vago.
  • “Temos a maior variedade” – É melhor ser verdade e importante para seu público. Se for blá, blá, blá, respondido da boca para fora, você não vai marcar território.

Seja específico, seja único:

“O único Salão de Beleza da cidade voltado para o público da terceira idade”.

Pronto, agora você conseguiu. Não sei se você terá público e se o público estará interessado nisso (veja os próximos tópicos). Mas, se essas premissas estiverem preenchidas, você já tem como ganhar dinheiro rápido: marcando um lugar na mente desse público específico.

Conselho 8. Coloque seu dinheiro para trabalhar aprendendo a investir

Inscreva seu email abaixo para receber gratuitamente nossas atualizações e descubra como investir com alto retorno sem ter dor de cabeça.

Conselho 9. Explore um novo mercado

Até aqui, você já aprendeu que pode ganhar dinheiro atendendo a um público específico ou solucionando um problema antigo das pessoas.

Mas que tal solucionar um problema novo?

Foi lançado um novo celular e as pessoas não sabem usar? Há uma nova tecnologia para ser usada na construção civil e os profissionais da área ainda não aplicam? Seja o portador da boa nova e seja recompensado por isso.

Além disso, todo o mercado de trabalho está mudando. Nos próximos anos serão muito mais necessários designers, programadores, editores de vídeo, por um lado, e de outro, biomédicos, engenheiros na área de energias renováveis.

Enfim, gente envolvida com a linguagem das máquinas e a tecnologia de ponta. Como empreendedor, ou mesmo como empregado, é fundamental estar antenado.

No caso de você procurar um emprego, sugerimos esse aplicativo grátis sensacional para fazer um currículo.

Conselho 10. Alie ganhar dinheiro a um hobby

Veja bem, não necessariamente você tem que ganhar dinheiro trabalhando com algo que você gosta. Mas, se você gostar do que faz, então você aumenta a probabilidade de o negócio dar certo.

Todo negócio, ao menos no início, exige muito tempo e dedicação.

Exige tanto tempo e dedicação que, a menos que você entre de cabeça no negócio e trabalhe em estado de flow (na Web-Aula gratuita eu comento a importância do flow), a tendência é que você desista antes mesmo de a sua sacada poder evoluir e dar certo (maturar).

Assim, quando digo que é bom aliar o negócio a um sonho, não estou preocupado com você e seus desejos e mimos, mas, principalmente, na proteção da sua ideia.

No início deste artigo eu falei sobre turismo no Peru.

peru hop

No fim de 2013, na mesma época em que visitei aquele país, dois irlandeses tiveram a simples ideia (poderia ter sido eu, ou você!) de oferecer algo único aos milhões de turistas que chegam àquele país anualmente:

  • Passeios aos destinos turísticos menos conhecidos (Alô! Você pode fazer isso na sua terra!)
  • Como perceberam que os turistas costumam não ficar em apenas uma cidade, mas rodar boa parte do país e tinham que toda hora ficar montando itinerários e se adequando às condições e ao transporte locais, resolveram criar um “passe”, que dá direito a rodar por um roteiro (pré-estabelecido), no tempo que o turista desejasse (difícil explicar em apenas uma frase. Leia mais aqui, usando o tradutor do Google).

O mais interessante é que o negócio desses 2 caras é escalável! Eles fizeram parceria com prestadores de serviço locais e o trabalho deles é justamente conectar os turistas a esses prestadores locais e os prestadores entre si. Ou seja, somente adicionaram eficiência ao sistema.

O negócio é um sucesso. Em 3 anos, já transportaram mais de 52 mil passageiros. Se você adquirisse uma Van (apesar de também ser um bom negócio, como vimos acima), não conseguiria isso. Eles optaram pela escala e o melhor, o negócio gira sozinho, sem a necessidade de eles estarem presentes.

Enfim, como diria o ditado (adaptado):

A melhor hora para começar um negócio foi há 10 anos. A segunda melhor hora é agora.

Quer começar seu negócio? Espero seu comentário lá na comunidade gratuita onde discutimos esse assunto:

https://www.capitool.com.br/t/renda-extra-brainstorm-de-ideias-de-negocios/

 

Mais sobre os assuntos:

author-photo
Eduardinho é Auditor da Receita Federal e educador na área de Finanças Pessoais. Criador do método Carteira Rica de enriquecimento, o autor compartilha suas dicas neste blog e vai ajudar você a transformar o modo como lidar com seus investimentos.