investimentos-inteligentes

Investimentos inteligentes com alocação de ativos (parte 4/5)

investimentos-inteligentes
Falta de diversificação de ativos

Caros leitores, já alcançamos o 4º degrau de nossa escada (conheça os demais degraus do investimento eficiente). Enfim, vamos falar de estratégias vencedoras, de investimentos inteligentes. Dentre eles, destaca-se a tradicional estratégia de alocação de ativos como uma boa opção para iniciante no mercado financeiro.

O que a alocação de ativos tem que a estratégia do degrau 3 não?

No mínimo, humildade. A alocação de ativos tradicional não tenta prever o mercado, como as operações de daytrade e análise técnica.

Além disso, o que faz dessa uma técnica de investimentos inteligentes é a tranqüilidade que ela oferece ao investidor: sabendo que seus riscos estão controlados e adotando um método que não exige “dedicação em tempo integral” (acompanhamento pari passu do mercado, como a estratégia do nível 3), o investidor consegue uma rentabilidade superior à dos investimentos super-seguros e, “de quebra”, retoma as rédeas de sua vida pessoal e profissional.

Como funciona a alocação de ativos?

Quais são os pilares e pressupostos desse método de como investir?

Riscos

Compreender a existência de riscos é fundamental para a estratégia. A alocação de ativos combate o risco por meio da diversificação.


Classes de ativos

/img_text_aside]

Diversificação

Cada classe de ativos financeiros costuma possuir vários ativos em espécie (por exemplo, a classe de fundos multimercado abrangerá os diversos fundos multimercado geridos cada qual por uma instituição financeira.


Correlações diferentes

Tendo em vista as diversas correlações entre ativos (diferenças de rentabilidade conforme condições do mercado), é desejável a diversificação entre os ativos dentro de uma classe e entre ativos de classes diferentes.


Balanceamento

O investidor deve reequilibrar seu portfólio periodicamente, uma vez que a pluralidade de rentabilidades conquistadas por cada ativo desfiguram a distribuição original pretendida (exemplo: você queria alocar 30% de seus recursos em Tesouro Direto, mas ele rendeu demais e alcançou 50%. Você vende, então, o excedente e utiliza-o para adquirir mais de outros ativos).


Mercado Cíclico

Enfim, pressupõe-se que o mercado é cíclico, pois, ao retirar parcelas recursos de um investimento bem sucedido para alocar em um mal sucedido, parte-se do pressuposto que uma hora essa situação se inverterá.

Regra 100 de alocação de ativos

Essa é uma maneira muitíssimo simplificada de se alocar ativos, mas é um parâmetro inicial para quem procura investimentos inteligentes com pouco dinheiro, e quer uma dica de investimento rápida: A sua idade (em percentual de seu capital), você investirá em renda fixa. Depois, você subtrai a sua idade do número 100 e, o número encontrado será o percentual de seus recursos que você investirá no mercado de ações.

Alocação de ativos: mais além

O mercado vai muito além de renda fixa x renda variável. Por isso, a estratégia de alocação de ativos costuma resultar em uma carteira que detém opções de:

  • Ações
  • Renda fixa (títulos privados)
  • Títulos públicos
  • Fundos imobiliários
  • Dólar, ouro, forex, etc.
  • Opções, mercado futuro, etc.

E mais, além da tradicional alocação de ativos com readequação fixa e constante de percentuais, há outras técnicas, como a chamada alocação tática de ativos, estratégias que são mais avançadas e que têm mais a ver com o que será o nosso 5º degrau dos investimentos financeiros (aguarde nosso último artigo da série!).

Por que esses são investimentos inteligentes?

Porque a estratégia de alocação de ativos oferece uma rentabilidade superior para o investidor que (ainda) não detém os conhecimentos matemáticos, contábeis e econômicos necessários para atuar de maneira mais ativa no mercado.

Se você busca realizar investimentos inteligentes para conquistar e multiplicar o seu primeiro milhão, talvez essa estratégia não seja a mais rápida, mas, com certeza, já é um primeiro passo de um caminho consistente e, o mais importante, é acessível a pessoas comuns.

Como me aprofundar no tema?

Para se aprofundar e entender melhor como funciona a estratégia de alocação de ativos, há diversos livros, como:

asset allocation
link ebook em português.
  1. Asset Allocation: Balancing financial risks. De Roger Gibson.
  2. The Intelligent Asset Allocator: How to Build Your Portfolio to Maximize Returns and Minimize Risks. De William Bernstein.
  3. Em português, há o ebook Alocação de Ativos. Aqui está o link para o material que inclui o ebook, um verdadeiro guia de estudo, e inclui 3 planilhas.

Série 5 estágios dos investimentos inteligentes no mercado financeiro:

Parte 1: Investimento eficaz em 5 estágios: descubra em qual você está!

Parte 2: Investimentos financeiros para iniciantes (ultra-conservadores).

Parte 3: Day trade e análise técnica: investimento ineficiente (parte 3/5).

Parte 4: Você está aqui!

Parte 5: Os modos eficientes de investir (degrau 5).

author-photo

Eduardinho é Auditor da Receita Federal e educador na área de Finanças Pessoais. Criador do método Carteira Rica de enriquecimento, o autor compartilha suas dicas neste blog e vai ajudar você a transformar o modo como lidar com seus investimentos.

4 Comentários