planilha de gastos

A única Planilha de Gastos grátis com estatísticas. Imperdível!

Com a nossa Planilha de Gastos Mensais Online, você:

  • Estima quanto consegue poupar a cada mês, com a subtração automática das receitas menos despesas;
  • Projeta o quanto acumulará de patrimônio nos próximos anos, se seguir à risca sua meta de poupança mensal;
  • Compara seus gastos pessoais e familiares com a média de nossos visitantes. E, com isso, avalia em que itens seus custos estão relativamente elevados;
  • Tem a noção do gasto levando em conta o número de membros na família (visão em percentual da renda e com rateio por membro).

Depois, faça o download de nossa Planilha de Gastos Pessoais em Excel, para fazer o acompanhamento mensal de suas despesas e receitas e evitar que seus gastos diários levem ao descontrole do orçamento doméstico.

Atenção: Ao clicar em “Comparar”, lembre-se de clicar em “Sim” se você já tiver preenchido a planilha de gastos alguma vez. Isso evitará que seus dados sejam contados mais de uma vez em nossa média.

Planilha de Gastos Mensais

Receitas

Poupança Mensal
(Receitas – Despesas)
Selic hoje (/ano): 6,5%
Caderneta de poupança (/mês): 0,3855%
Despesas

Comparar

Você já respondeu o questionário antes?

×

Como fazer o orçamento doméstico

A regra fundamental de qualquer orçamento doméstico é gastar menos do que recebe. Se isso não for feito, com o passar do tempo você estará destruindo seu patrimônio, pois terá que vender os ativos que conquistou no passado para cobrir as brechas no fluxo de caixa atual.

Mas quanto devo poupar por mês?
Bom, nunca se soube uma resposta exata para isso. No Brasil, se você conseguir um bom controle financeiro, os especialistas em finanças pessoais indicam que se poupe, ao menos, 10% da renda mensal. Porém, há países em que o índice de poupança familiar é de cerca de 40%. Por isso, quanto melhor for seu planejamento financeiro e quanto mais você poupar, melhor, pois alcançará seus objetivos mais rapidamente.

Compare-se com outras pessoas!
Nossa Planilha de Gastos oferece um norte para essa meta de poupança mensal. Ao avaliar o seu gasto mensal em proporção à sua renda e ter disponível a média de nossos outros leitores, você pode ver se está poupando pouco em relação aos demais visitantes do site.

O alerta vermelho na tabela de controle de gastos ocorre quando seu gasto naquela despesa é superior à média, em termos percentuais da sua renda, por isso é mais relevante que o alerta laranja.

Dicas para usar a planilha de gastos no dia-a-dia

  • Guarde seus comprovantes de pagamento, pelo menos até lançar eu sua planilha de gastos mensais (ou por mais tempo, no caso de bens com garantia). Tenha uma pasta organizadora só para isso;
  • Estipule um valor máximo mensal para despesas não-necessárias. Ao alcançar esse teto, seja disciplinado, pare de comprar (ou você não terá nenhum controle de gastos, na verdade);
  • Use uma planilha simples de gastos. Quanto mais complexo ou difícil de abrir e manipular, menores as chances de você utilizá-la no dia a dia;
  • Crie o hábito de lançar as despesas e receitas em sua planilha de gastos mensais. Ninguém nasce com hábitos formados, eles são adquiridos durante a vida. Nunca é tarde para abandonar hábitos ruins e adotar bons hábitos e há técnicas muito eficazes para isso. Uma delas é estipular o chamado “gatilho” para a ação. Por exemplo, determine que todos os dias durante o jornal que você assiste à noite, você lançará os valores. Assim, você aproveita um tempo que não seria tão útil com algo produtivo e ainda estabelece uma rotina!
  • Coloque um link para sua planilha de gastos na área de trabalho do computador, para que seja fácil acessá-la e para que você se lembre constantemente de atualizá-la, mesmo quando estiver realizando outras tarefas.

Dicas para um controle de gastos eficaz

Além do planejamento financeiro, é necessária a execução financeira do orçamento doméstico. Aqui vão algumas dicas:

  • Planeje-se para o longo prazo. Atingir grandes objetivos financeiros é possível para qualquer um, mas é necessária muita disciplina no longo prazo para isso ocorrer. Uma dica é estabelecer metas parciais, para você ter a sensação de estar no caminho certo toda vez que atingi-las.
  • Faça um planejamento financeiro também para o curto prazo. Imprevistos acontecem, gastos inesperados e inadiáveis. Mantenha um valor para isso. Se você conta com uma boa linha de crédito (como o crédito consignado), esse valor pode ser baixo, pois o esperado é que você não o use. Muita gente usa o Tesouro Selic para esse fim, mas nós conhecemos ativos mais rentáveis e muito seguros.
  • Gaste menos do que você pode. Nossa versão do ditado é “poder não é dever”. Nem tudo que você pode comprar, você deve comprar. Não aceite pressão de familiares. Eles ficariam felizes se você tiver uma grande SUV, ou um veleiro (do qual eles possam aproveitar), mas nem sempre o fato de poder arcar com o valor de aquisição significa que você possa arcar com a manutenção adequada. Veja como os coreanos podem, mas não querem consumir sua renda nesse artigo.
  • Invista com regularidade o que restar e gere uma renda passiva. Só esse hábito poderá garantir um futuro tranquilo para você, ou um patrimônio considerável para seus herdeiros. Sabe aquele prazer em gastar? Troque pelo prazer em poupar.
  • Inverta a regra dos 50-15-35. Existe uma regra circulando pela internet de usar 50% da renda para gastos necessários, 15% para investimentos e 35% para manter seu estilo de vida. Isso é desnecessário! Comece invertendo para 15% o gasto em estilo de vida e 35% o nível de investimentos e veja como seu futuro será muito mais próspero! Daqui a alguns anos, com a geração dos frutos desses investimentos, você acabará poupando 50% de sua renda, mas não porque está fazendo um esforço enorme, mas simplesmente porque você terá tanta renda que tudo o que deseja não representará uma fatia alta de seu orçamento doméstico mensal.
  • Estabeleça a educação financeira como um plano continuado. Ler um artigo sobre controle de gastos não o fará um expert em finanças. Cadastre-se para receber nossas atualizações e estabeleça uma rotina de aprender constantemente.
Receba nossas atualizações!
Cadastre-se gratuitamente. Milhares de pessoas inteligentes já o fizeram.

Planilha de Gastos em Excel

O nosso modelo de Planilha de Gastos pessoais em Excel está quase pronto. Ele será grátis e você poderá baixar para fazer seu controle financeiro pessoal e familiar.

Retorne ao artigo em alguns dias ou melhor, inscreva-se para receber nossas atualizações, que você será avisado quando estiver disponível para download. Você não perde por esperar!

Mais sobre os assuntos:

author-photo
Eduardinho é Auditor da Receita Federal e educador na área de Finanças Pessoais. Criador do método Carteira Rica de enriquecimento, o autor compartilha suas dicas neste blog e vai ajudar você a transformar o modo como lidar com seus investimentos.

3 Comentários